quinta-feira, 6 de agosto de 2020

Pereiro, cidade inteligente e conectada


Sede da Brisanet, a melhor empresa provedora de internet banda larga da região, Pereiro é exemplo de cidade que se desenvolveu nos últimos anos, atualmente ocupa o 9º lugar no ranking do PIB estadual. É destaque, também, no Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), ocupando o 2º no ranking estadual, perdendo apenas para Fortaleza, está entre os 400 melhores do Brasil. Pereiro se destaca, também, pela gestão com foco no cidadão e emprego de novas tecnologias.

Gestão de Saúde Informatizada

Em conformidade com o Programa de Apoio à Informatização e Qualificação dos Dados da Atenção Primária à Saúde - Informatiza APS, do Ministério da Saúde, o município está implantando um Sistema de Gestão Integrada da Saúde Municipal. Trata-se de uma plataforma completa de gestão que contempla todas as unidades e setores da secretaria de saúde.

Segundo o prefeito, Neto Estevam, o mais importante, dentro da administração pública com foco no cidadão, é a satisfação da população, o controle sobre gastos públicos e avaliação de desempenho. O primeiro passo foi contratar um software especializado em gestão pública de saúde, em nuvem, para maior economia com infraestrutura” e segurança dos dados armazenados.  O projeto para os próximos anos, que se inicia com a informatização da saúde, é colocar o município em destaque regional com a entrega de soluções inovadores à população e melhoria da qualidade de vida”, disse Neto.

Segundo o secretário de Saúde, Luiz Neto Queiroz, a ideia é utilizar o recurso destinado pelo programa Informatiza APS, para informatizar toda a secretaria. Luiz Neto afirma, ainda, que, ao contrário do que muitos pensam, um software de gestão completo não é mais caro do que um sistema somente para atenção primária. A tecnologia oferece agilidade nos serviços, transparência nas ações e prioridade às necessidades dos cidadãos. No pacote contratado, estão incluídos, além da manutenção e suporte técnico o treinamento constante aos usuários, o servidor de banco de dados e a assessoria para o uso adequado dos indicadores gerados pelo sistema. O software é o mesmo utilizado por mais de 200 municípios em todo o Brasil, entre eles cidades como Feira de Santana BA e Aracajú SE.

O software contratado pela Secretaria de Saúde de Pereiro é o que existe de mais moderno e completo no Brasil. Possibilita gerar o prontuário eletrônicos dos pacientes, agendar consultas, organizar leitos hospitalares, controlar estoque, transporte de pacientes, laboratório, dentre outros diversos recursos; o registro e controle do fluxo de atendimento dos pacientes, a consulta aos históricos em todos os níveis,com geração de relatórios. Tudo isso de acordo com o Ministério da Saúde e integração com os demais Sistemas de informações de alimentação obrigatória do SUS

As informações inseridas no banco de dados, em nuvem, do software, ficam armazenadas de forma segura, possibilitando ao gestor visualizar de forma fácil e rápida o cenário real da saúde municipal, o que lhe permite definir as melhores estratégias de gestão. As atualizações, o suporte técnico e a manutenção, são realizadasremotamente, sem a necessidade de ir às unidades para acorreções de eventuais problemas e treinamento de novos servidores.

O maior destaque do sistema são os aplicativos MobileAPP Mais Saúde Cidadão para marcação de consultas, resultado de exames e acompanhamento de vacinas pelo celular; APP ACS para o registro das fichas e cadastro das visitas, através do tablet, pelos agentes de saúde da família; APP ACE aplicativo para os agentes de endemias, realiza todas as anotações diretamente no tablet; APP VIGILANCIA SANITÁRIA para os agentes de vigilância sanitária e PORTAL SAÚDE TRANSPARENTE, que proporciona o acompanhamento do desempenho da saúde no município pelos servidores e população em geral, pela internet, em tempo real.

Governador Camilo Santana anuncia novas medidas para combater coronavírus


Queiroz Filho elogia "medidas duras" do Governo do Ceará no combate à pandemia


Durante a 27ª sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Ceará, realizada nesta quinta-feira (6), o deputado Queiroz Filho destacou as medidas que vêm sendo tomadas pelo Governo do Estado para conter a pandemia do coronavírus, rotulando-as como "duras, porém, necessárias", para a melhora do quadro em nível estadual.

"É importante destacar a transparência e a forma como o Governo do Estado tem tratado o assunto. As medidas muitas vezes são duras, porém, são necessárias. Temos que ter fé, pois a partir destas ações, os resultados têm sido positivos em comparação com outros estados que não têm tomando providências semelhantes. Tamanha mobilização é necessária para este momento tão difícil que ainda estamos vivendo", disse Queiroz Filho.

Ainda segundo o parlamentar, os resultados são fruto de muito diálogo com variados setores. "O governador Camilo Santana vem se reunindo diariamente com prefeitos, representantes do Tribunal de Justiça, Ministério Público Federal e Estadual, especialistas em epidemiologia e saúde em geral. Isso que faz com que o Estado tenha obtido boas respostas", concluiu.

Saúde divulga resultado da segunda fase de pesquisa sobre Covid-19 em Fortaleza


Na manhã desta quarta-feira, 5 de agosto, gestores da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) e Secretaria de Saúde de Fortaleza divulgaram através de coletiva de imprensa o resultado da segunda fase da pesquisa de soroprevalência. A pesquisa ocorreu entre os dias 13 e 20 de julho. Foi realizada através dos exames de teste rápido e do swab nasal para RT-PCR, onde mostram a imunidade e circulação viral, respectivamente.

“A pesquisa de soroprevalência é uma atividade que se faz para avaliar tanto a circulação viral atual como a imunidade. Sabemos que algumas coisas ainda não estão claras em relação à Covid-19, se essa imunidade é permanente e quanto que é duradoura”, ressaltou a secretária de Vigilância e Regulação da Sesa, Magda Almeida.

Nesta segunda fase, o resultado dos testes rápidos mostrou que 13,1% da população já tem anticorpo da Covid-19 em Fortaleza. Já o RT-PCR revelou que 1,1% é positivo. Ou seja, a circulação viral nas regionais do município foi muito baixa, com destaque para a Regional II.

“Além da pesquisa de soroprevalência, podemos avaliar a situação viral no município através do teste de RT-PCR. A informação da circulação viral associado com os dados epidemiológicos e assistenciais apontam que realmente o município de Fortaleza está numa fase ainda em epidemia, mas com baixa circulação viral”, afirmou a secretária de Saúde de Fortaleza, Joana Maciel.

Dos 121 bairros que existem na capital, 117 passaram pela avaliação da segunda etapa da pesquisa de soroprevalência. Foram realizados 3.300 testes rápidos e coleta de swab nasal para RT-PCR, além de entrevistas com os moradores na segunda fase. A pesquisa conta com a parceria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) e do Instituto Opnus.

“Lembro que não podemos relaxar. Esse movimento de abertura das atividades responsável faz com que todos nós sejamos responsáveis para manutenção desse status. É importante ainda manter o distanciamento social, evitar aglomeração, fazer uso de máscara, lavagem de mãos com frequência e evitar estar em ambiente de trabalho com sintomas respiratórios. Sempre que apresentar sintomas respiratórios procurar a unidade de saúde para ser avaliado. Que a gente vença essa luta contra a Covid-19 o mais rápido possível”, enfatizou Magda Almeida.


Testagens

O teste rápido detecta a presença de anticorpos para o novo coronavírus. O resultado fica pronto em 15 minutos, após uma simples picada na ponta do dedo para a coleta de uma gota de sangue. Enquanto isso, os pesquisadores aplicam um questionário com informações sobre sexo, idade, escolaridade, condições de saúde e possíveis sintomas que o morador tenha sentido recentemente.

Já o RT-PCR é o teste de biologia molecular, que detecta a presença do vírus no paciente. Trata-se da coleta de amostras de secreção do fundo do nariz por meio da introdução de um swab (cotonete). As amostras para o RT-PCR não têm resultado imediato. Elas são encaminhadas ao Lacen para análise e os resultados ficam prontos após alguns dias. Além de Fortaleza, o Governo do Ceará, Fiec e Instituto Opnus realizam a pesquisa de soroprevalência em Sobral, na Região Norte, e em Iguatu, na região Sul do Ceará.

Como reconhecer o pesquisador

Os pesquisadores portam crachá de identificação, termos de consentimento para participação e panfleto informativo da pesquisa, bem como estão paramentados com todos os equipamentos de segurança: touca, avental, óculos, máscara e luvas. Todos são treinados para aplicação dos testes e sobre os procedimentos de Biossegurança.

Da China para Santa Quitéria: três Tuk Tuk elétricos chegam à cidade em setembro


Uma forma de mobilidade muito comum em países da Ásia, como a Índia, chega inicialmente a quatro municípios cearenses: Santa Quitéria, Itapipoca, Quixadá e Boa Viagem. As cidades passarão a contar com os triciclos elétricos tuk-tuks, novo modelo de transporte de baixo custo, que não emite fumaça, sem barulho e, segundo a empresa que traz a modalidade, é totalmente seguro para qualquer idade.

Os equipamentos saíram da China no último dia 25 de junho, desembarcaram em julho no Porto de Santos, em São Paulo, onde estão sendo montados e adesivados para chegarem ao Ceará na segunda quinzena de setembro. Foram investidos R$ 250 mil pela empresa Lokatuk, dos empresários Miguel Andrade, Deodato Ramalho Neto, Tomás Figueiredo Filho, Sormani Queiroz e Edilson Filho, que pretendem estudar a experiência local e posteriormente expandir para o país.

Os passageiros poderão solicitar o serviço de transporte através do aplicativo Tuker e a estimativa é que um percurso médio de até dois quilômetros tenha um custo de no máximo R$ 5,00 para os usuários.

Em Santa Quitéria, os Tuk Tuk podem transportar até três passageiros – preferencialmente dois adultos e uma criança, além do motorista, suportando um peso de até 300 quilos. Mesmo sendo aberto nas laterais, o modelo dispõe de cintos de segurança e trafega com uma velocidade máxima de 40 quilômetros por hora.

Segundo o sócio e fundador das empresas, Miguel Andrade, que decidiu iniciar o projeto no Ceará após sua última viagem a Portugal, onde esse tipo de transporte é muito comum para o turismo e veio da Ásia, a ideia é atender a necessidade de pequenos deslocamentos em cidades do Interior onde as pessoas ainda hoje não contam com o transporte público e nem privado (táxi ou outros aplicativos de mobilidade).

Cada um dos quatro municípios selecionados contará com três Tuk Tuk e o processo de seleção para os pilotos do futuro serviço está em fase avançada de elaboração, mas já se sabe que os prestadores de serviço de Moto-táxi destes municípios, também poderão cadastrar seus veículos na plataforma para receber chamadas e prestar o serviço através do aplicativo.

Uma das exigências é ter a carteira de habilitação adequada para cada tipo de transporte. Os pilotos selecionados pela empresa e que utilizarão o aplicativo Tuker pagarão um aluguel mensal (em formato de leasing) no valor de R$ 400,00 pelo triciclo, incluindo um seguro para o caso de danos e acidentes.

Deputados aprovam multa por não uso de máscara no Ceará; valor varia de R$ 100 a R$ 999


Deputados estaduais aprovaram, nesta quinta-feira, 6, multa para pessoas físicas e jurídicas que descumprirem lei do Ceará que orienta o uso de máscaras. A indicação do EPI está relacionada às medias de controle à disseminação da covid-19.

Agora, caso descumpram a lei, pessoas físicas poderão ser multadas em R$ 100. O valor aumenta para R$ 300 em caso de reincidência.

Nas empresas, a multa deverá ser feita ao CNPJ responsável. Os valores são R$ 179 (pequenas empresas) e podem chegar a R$ 999 (negócios de grande porte).

André Figueiredo media 9ª edição do “Proseando”, com representantes de Nova Russas, Santa Quitéria, Independência e Tamboril


A prosa virtual com o povo cearense continua! Na próxima sexta-feira (7), às 10h, o deputado federal André Figueiredo fará mais um bate-papo com lideranças cearenses. Veiculada pelo Facebook e YouTube, o programa desta semana contará com a presença do presidente do PDT de Nova Russas, Gonçalo Diogo; do presidente do PDT de Santa Quitéria, Fabiano Lobo; do presidente do PDT de Independência, Valterlin Coutinho e do ex-vereador de Tamboril, Venceslau Torres.

O programa, no formato virtual, busca reaproximar os representantes dos municípios para tratar sobre as ações feitas nos municípios para o combate à Covid-19 e outros assuntos.

O “Proseando”  vem trazendo, nos intervalos, algumas inserções de personagens cearenses com o intuito de exaltar e valorizar a cultura local. Já marcaram presença o poeta Rodolfo, o sanfoneiro e xodó cearense, Kayro Oliveira, o presidente do Movimento Cultural Darcy Ribeiro, Roberto Viana, a sanfoneira Mariana Cavalcante, o artista Ricardo Black e o poeta Joás Rodrigues.

Convidados:

Gonçalo Diogo – presidente do PDT de Nova Russas
Fabiano Lobo – presidente do PDT de Santa Quitéria
Valterlin Coutinho – presidente do PDT de Independência
Venceslau Torres – ex-vereador de Tamboril

Acrísio Sena entrega proposta de criação da Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos a Camilo Santana


“Entreguei hoje (6/8), pessoalmente, ao governador Camilo Santana, o projeto de criação da Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos. A Mensagem será  enviada à Assembleia Legislativa nos próximos dias, informou o deputado estadual Acrísio Sena (PT).

Desde abril do ano passado, quando foi vítima – junto com outros parlamentares – de clonagem de seu número de WhatsApp, Acrísio realizou diversas articulações com a Polícia Civil e o então chefe da Casa Civil, Élcio Batista, sobre o tema, com audiências públicas e reuniões com representantes do setor, inclusive o delegado geral da Polícia Civil, Marcos Rattacaso.

Acrísio observa que a pandemia aumentou consideravelmente o uso da Internet para resolver problemas cotidianos e, em decorrência, aumentaram também os crimes no ambiente virtual. “Roubo de dados pessoais, exposição de mulheres e crianças, além de fake news tornaram-se rotineiros. A criação da Delegacia é uma grande conquista da população para combater este problema”, finalizou.

Carlos Lupi vai debater infraestrutura com pré-candidatos do PDT


O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, vai comandar o debate entre os cinco pré-candidatos do PDT à Prefeitura de Fortaleza.

Os temas do debate são habitação, saneamento e infraestrutura. Lupi foi ministro do Trabalho e trabalhou no projeto de integração dos moradores de favelas do Rio de Janeiro ao mercado de trabalho e acesso aos serviços básicos na área de saneamento .

Prefeitura de Fortaleza implanta mais 7 km de ciclofaixas e ciclorrotas nos bairros Montese, Vila União e Sapiranga


A Prefeitura de Fortaleza está implantando, nesta semana, mais 7,1 km de infraestruturas cicloviárias na cidade, beneficiando bairros das Regionais IV e VI, como Montese, Vila União e Sapiranga. Com as novas intervenções, Fortaleza passa a contar com 307,5 km de percursos com deslocamento seguro para a utilização da bicicleta.

A ação é desenvolvida pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos, por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT) e em parceria com a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), a Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf) e as Secretarias Regionais.

Nos bairros Montese e Vila União, receberam ciclofaixas as ruas Almirante Rufino (2,1km), Desembargador Praxedes (2,1km) e Almirante Rubim (0,9km). Também foi implantado na região mais 1km de ciclorrotas, distribuídas nas ruas Álvaro Fernandes, Miguel Gonçalves e Alfredo de Castro, que receberam pictogramas vermelhos pintados no asfalto, identificando área para ciclistas, e placas de advertências para motoristas, chamando a atenção dos condutores para reduzirem a velocidade e respeitarem o deslocamento de ciclistas na região.

Estas novas ciclorrotas permitem a conexão entre as ciclofaixas implantadas nas ruas Almirante Rufino, Desembargador Praxedes e Almirante Rubim, assim como a ligação também com a ciclofaixa disponível ao lado do trilho do Metrofor na Avenida José Bastos. Já no bairro Sapiranga, foi implantado mais 1km de ciclofaixa na Rua Joaquim Frota.

Os próximos bairros a serem contemplados com novas infraestruturas cicloviárias serão Vila Velha, São João do Tauape e Vila Peri. Serão implantadas novas ciclofaixas na Avenida Washington Luiz e nas ruas Paulo Firmeza, Monsenhor Salazar e Dom Henrique.

Somente este ano, do dia ‪15 de maio a 15‬ de julho, já haviam sido implantados 13km de novas ciclofaixas e ciclorrotas em diversos bairros da Capital, trazendo diferentes soluções de acordo com as características de cada via e região. Destaca-se a implantação de 3,7 km de ciclofaixa na Avenida Coronel Carvalho, beneficiando bairros como Vila Velha, Jardim Iracema e Jardim Guanabara (Regional I).

A nova infraestrutura possui zebrado e balizadores entre a ciclofaixa e a faixa de veículos motorizados para dar mais proteção aos ciclistas. Nesse período, também receberam ciclofaixas ou ciclorrotas as avenidas Coronel Virgílio Nogueira, José Torres e as ruas Prof. Mozart Solón, Dr. José Fustado, Maria Júlia, Raimundo Pinheiro, Bom Jesus, José Martins, João Gentil, Ari Maia, Coronel Fabriciano, Prof. Otávio Lobo, Eduardo Bezerra e Estrada do Jatobá. Com isso, também foram beneficiados os bairros De Lourdes, Granja Lisboa, Granja Portugal, Bom Jardim, Papicu, Cocó e São João do Tauape.

Hoje, Fortaleza conta com um total de 307,5 km de rede cicloviária na cidade, sendo 185,8 km de ciclofaixas, 111,1km de ciclovias, 10,4km de ciclorrotas e 0,2km de passeio compartilhado.
Isso representa que a Prefeitura de Fortaleza, na atual gestão, bateu um recorde histórico, ampliando em cerca de 351% a rede cicloviária na cidade, visto que, ao final de 2012, a cidade contava apenas com cerca de 68,1km de malha cicloviária.
Com o desenvolvimento do Programa de Expansão da Malha Cicloviária, já havia sido ultrapassada, em 2018, a meta estabelecida pelo Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI) para 2020, que era de cerca de 236 km de rede para deslocamento de ciclistas.

Outro resultado importante deste projeto é que, segundo o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil), Fortaleza é a cidade brasileira onde as pessoas vivem mais próximas à infraestrutura cicloviária (https://itdpbrasil.org/pnb/). O estudo revela que a capital cearense está no topo da lista dentre as 20 maiores cidades brasileiras com este perfil e o indicador percentual PNB (sigla em inglês para People Near Bike) mostra que 36% dos fortalezenses moram a menos de 300 metros de uma ciclovia, ciclofaixa, ciclorrota ou passeio compartilhado, ficando à frente de cidades como Belém (29%), Distrito Federal (27%), Recife (24%), Aracaju (21%), Salvador (20%), São Paulo (19%) e Rio de Janeiro (19%), dentre outras. Esses dados evidenciam também que Fortaleza é a única cidade com mais de 30% da população morando a 300m de alguma infraestrutura cicloviária.

Expansão do Bicicletar

Há pouco menos de uma semana, a Prefeitura de Fortaleza iniciou também a operação de 8 novas estações do Bicicletar, sistema público de bicicleta compartilhada, expandindo o sistema para 140 estações em diversos pontos da cidade como alternativa para a população em seus deslocamentos. As novas estações fazem parte da expansão do sistema, que, recentemente, está chegando à região sudeste da cidade, beneficiando bairros das Regionais VI e IV, como Messejana, Paupina, Edson Queiroz, Luciano Cavalcante, Jardim das Oliveiras, Sapiranga, Cidade dos Funcionários, Parque Manibura, Parque Iracema, Cambeba e Parreão.

Neste ano, o sistema também já foi ampliado também para o corredor Oeste de Fortaleza, com estações implantadas do Centro até as Regionais I e III, beneficiando cerca de 400 mil pessoas nos bairros Barra do Ceará, Cristo Redentor, Pirambu, Jacarecanga, Carlito Pamplona, Álvaro Weyne, Presidente Kennedy, Monte Castelo, São Gerardo, Centro, Farias Brito, Benfica, Parquelândia, Pici, Antônio Bezerra, Padre Andrade, Moura Brasil e Vila Ellery.

Dessa forma, de janeiro até agora, já foram implantadas 60 das 130 novas estações previstas até o final de 2020, quando o sistema passará a contar com um total de 210 estações, o que representará uma ampliação do sistema em mais de 160% em relação a dezembro de 2019, quando o sistema oferecia 80 estações.

O Bicicletar está expandindo o sistema de compartilhamento de bicicletas para novas regiões da cidade, tornando-se o maior sistema do tipo no Brasil em número de estações por habitantes e o terceiro em número de estações, atrás somente de Rio de Janeiro e São Paulo. Além disso, este novo modelo está ampliando, modernizando o sistema e trazendo mais conforto, com estações maiores e oferecendo mais vagas para as bicicletas, dentre outras melhorias.

* Mapa da Malha Cicloviária existente: http://bit.ly/ciclofortaleza
* Mapa das estações do Bicicletar: http://bit.do/estacoes_bicicletar

Debate: Alexandre Pereira diz que dará continuidade à gestão Roberto Cláudio. Ciro Gomes exigiu correção ética e moral dos candidatos


Em debate entre pré-candidatos do Partido Democrático Trabalhista (PDT) à Prefeitura Municipal de Fortaleza, promovido ontem (04), o empresário Alexandre Pereira, ex-secretário de Turismo do município e pré-candidato pelo Cidadania, teve participação elogiada pelo ex-prefeito de Fortaleza e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), que atuou como mediador da discussão. Ciro destacou a formação profissional e a trajetória pública de Alexandre durante o encontro virtual. PDT e Cidadania serão aliados no pleito municipal de 2020 e encontram-se em processo de escolha do nome que deve encabeçar a chapa.

O ex-ministro da Fazenda e da Integração Nacional do Brasil frisou que o mais importante para eleger o nome oficial que irá representar a aliança não é o partido ao qual ele pertence, mas, sim, o projeto e a capacidade que ele terá de sinalizar uma proposta de futuro para cidade, no contexto difícil que o País enfrenta atualmente. Além disso, para Ciro, o próximo prefeito de Fortaleza deverá possuir a capacidade técnica e a autoridade moral de continuar com as iniciativas positivas da atual gestão e de mudar as que precisam ser melhoradas. "Se Alexandre for escolhido, terá todo nosso entusiasmo e apoio. Ele tem todas as qualificações para se colocar como líder dessa corrente e vai dar à Fortaleza muita segurança de que o que está bom vai ficar e o que precisar melhorar vai mudar. Nos deu grande honra e alegria em estar conosco nesse debate e deu grande nível à nossa discussão”, afirmou Ciro.

Alexandre é formado em Administração de Empresas, pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), e mestrando em Administração Pública na Universidade de Lisboa. Além disso, possui especializações em Gestão Estratégica, pelo Instituto Europeu de Administração e Negócios; Gestão Pública e Privada, pela Universidade Federal do Ceará (UFC); Gestão Pública, pela Fundação Dom Cabral; e foi Membro do Conselho Nacional da Micro e Pequena Indústria Brasileira na Confederação Nacional da Indústria. Dentre os tópicos abordados na live, Alexandre destacou os atuais números nacionais das taxas de desemprego, endividamento e da desigualdade social no País, afirmando que o desafio para o próximo gestor executivo do Município será muito grande, e defendendo a importância da força do Estado e do Serviço Público para restaurar a economia e a dignidade da população mais vulnerável.

Ideal é o primeiro clube social a reabrir para o público e associados


O Ideal Clube reabriu suas portas após um longo período de quase cinco meses, por conta da pandemia do coronavírus.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Para essa abertura inicial, precisa obedecer aos protocolos do Governo do Estado do Ceará, sendo assim, tem algumas restrições.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
No restaurante, por exemplo, com funcionamento das 12h às 23h (sem prolongamento algum desse horário), funciona com apenas 50% da capacidade trivial, com mesas de quatro lugares com o distanciamento exigido entre elas.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
No esporte, apenas as modalidades individuais serão permitidas na etapa inicial, com 30% da capacidade, no caso o tênis e a natação (uma pessoa por raia). Limitado o tempo máximo de permanência dos praticantes a até 1 (uma) hora para a realização de atividades físicas.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A piscina social funcionará com 30% da capacidade e a 1 (uma) pessoa a cada 12 (doze) metros quadrados. Os salões de eventos ainda não funcionarão. Ao longo das semanas, de acordo com o cronograma do Governo do Estado, irá flexibilizando as demais áreas e atividades no clube.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Para este momento de reabertura ser exitoso, é necessário que todos façam a sua parte, obedecendo às medidas protocolares, sobretudo em relação à higienização e ao uso de máscara. O clube disponibilizará em suas dependências álcool em gel para limpeza das mãos. É importante que todos entendam que a pandemia ainda não acabou e que devemos permanecer vigilantes, agindo com prevenção e muita responsabilidade.

quarta-feira, 5 de agosto de 2020

Roberto Cláudio participa da reabertura dos trabalhos da Câmara Municipal e agradece aos vereadores pelo apoio às medidas em defesa da vida


O prefeito Roberto Cláudio participou, nesta quarta-feira (05/08), da reabertura das sessões presenciais na plenária da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor), que ocorriam de maneira virtual desde março, conforme as recomendações de isolamento social para a prevenção ao novo coronavírus.

O Gestor, que participou de maneira remota, iniciou a fala parabenizando a diretoria da casa pela responsabilidade com que conduziu mesa legislativa no período da pandemia, dando continuidade aos debates da cidade e também agora com o retorno das atividades. “A Câmara trouxe uma mensagem positiva ao retornar, com cuidados especiais aos parlamentares e servidores em grupo de risco, e é por isso que a cidade tem vencido essa batalha”, registrou.

Roberto Cláudio lembrou que o Brasil está chegando perto de 100 mil óbitos por Covid-19, fora a subnotificação. “Não há parâmetro para o número absoluto de vidas perdidas. Não podemos minimizar o que estamos vivendo. Precisamos entender que nada é mais prioritário a nós de função pública do que proteger e defender a vida”, destacou.

Na ocasião, o Prefeito refez a trajetória da pandemia até então. Lembrou que Fortaleza teve a mais precoce curva do País, por conta de fatores como densidade populacional, existência de hub aéreos e alto fluxos aeroportuários internacionais. No entanto, se por um lado a doença começou pela Capital, o local também vem sendo exemplo de combate e controle. Tendo sido a semana 20 da pandemia o momento com os maiores índices, desde então, a Cidade chega a sua 12ª semana de queda consistente em redução casos, óbitos, demandas assistenciais e por leitos de UTI.

Para Roberto Cláudio, essa redução também foi graças à união, à integração e à sensibilidade para a tomada de decisões e ações por parte da classe política cearense. “Isso não foi só por decisão da Prefeitura e do Governo, mas sim porque encontramos um ambiente fértil na Assembleia e na Câmara de apoio e compreensão da maioria, além da população de Fortaleza, que entende que por mais dolorosa que seja alguma decisão, é motivada pela ciência, saúde e em defesa da vida”, explicou.

Relação com a Câmara

O prefeito Roberto Cláudio expressou gratidão por ter trabalhado junto ao legislativo. Ele enfatizou que a harmonia e o equilíbrio entre os poderes faz a cidade crescer. “Tem sido um privilégio encontrar na Câmara poder mais do que apoio, mas uma construção coletiva, um ambiente de crítica construtiva, de conselho de quem tem mais experiência. Por isso, aqueles líderes do executivo que demonizam ou criticam o parlamento, não entendem de democracia e perdem a oportunidade de exercer a humildade, a tolerância, o respeito e a sabedoria para ouvir e errar menos e acertar mais”, disse.

O Gestor destacou que os fortalezenses devem conhecer cada vez mais o trabalho do legislativo, que quem está na ponta e na comunidade. “O trabalho mais sofrido e trabalhoso é o do vereador que tá na comunidade, que ouve as pessoas. É sentindo sofrimento do povo para trazer a demanda para o executivo realizar e na maioria das vezes e nem leva a fama de quem foi o responsável por executar”, destacou.

Sobre a reabertura da Câmara

Para a continuidade dos trabalhos de maneira presencial, a Câmara Municipal passou por uma sanitização de toda a sede, além da instalação de nova sinalização. Também houve uma reorganização dos espaços para garantir o distanciamento e evitar aglomerações, além de estabelecer protocolos de acesso, como a aferição de temperatura de todos as pessoas que entrarem na sede.

Inicialmente, as sessões plenárias ocorrerão sempre às quartas-feiras. Os vereadores deverão estar conectados na rede de internet da Casa para ter a presença registrada na sessão e votar por meio do programa criado pelo departamento de tecnologia do legislativo municipal. Os parlamentares que compõem o grupo de risco à Covid-19 estão orientados a participar das sessões por meio de videoconferência, a partir de seus gabinetes.

Agora, os vereadores poderão retomar as reuniões das comissões temáticas, que agora ocorrerão no auditório da Casa, para evitar aglomeração. Audiências públicas presenciais permanecem suspensas até setembro, quando será avaliada a possibilidade de retomada, caso haja condições de sanitárias.

Élcio lançado oficialmente pré-candidato a prefeito de Furtaleza pelo PSB


Élcio Batista, ex-chefe da Casa Civil do Governo do Ceará, foi lançado oficialmente pré-candidato a prefeito de Fortaleza, em live promovida pela direção nacional do PSB, a quem está filiado.

Cientista social, com mestrado e amplo conhecimento do serviço público, Élcio é uma das novas lideranças políticas do Ceará e um quadro importante na gestão pública. Passou pela Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Ceará. Coordena projetos nas áreas da segurança e combate à pobreza.

O PSB é um aliado do PDT e do PT, no Ceará. A live onde Élcio expôs suas propostas foi coordenada pelo jovem deputado Denis Bezerra, com a participação do prefeito Roberto Cláudio e de lideranças nacionais do PSB.

Live @⁨Élcio Batista⁩
https://www.facebook.com/100124498141985/videos/780515979443213



Sindicato dos Jornalistas promove campanha para arrecadar cestas básicas e distribui máscaras entre profissionais


O Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce) vem realizando uma ação de solidariedade, com a distribuição de cestas básicas e máscaras de proteção a profissionais em situação de vulnerabilidade social. Em julho, foram entregues 25 cestas e 50 máscaras.

Esse mês, a mesma quantidade de kits será disponibilizada aos membros da categoria que se encontram em dificuldade agravada pela pandemia de Covid-19. Para a diretoria, solidariedade é dividir o que se tem, e não apenas o que sobra. Por isso, agradecemos aos parceiros que viabilizaram essa iniciativa.

#solidariedade #QuemTemFomeTemPressa
#Coronavírus #Covid19
#Sindjorce #SindjorceDeTodes #GestãoOusarELutar
https://www.instagram.com/p/CDhNVBOHF1K/?igshid=1mt9cg8pdoow6

TrendsCE transmite série de webinars, com o tema “Sucesso das empresas familiares no Ceará”


A TrendsCE, maior hub de conteúdo especializado em negócios do Ceará, inicia nesta quinta-feira (6), às 20h, uma série de webinars que trazem como tema “Sucesso das empresas familiares no Ceará”. Cada palestra terá duração média de 30 minutos e poderá ser conferida nas plataformas digitais da Trends.

Com o objetivo de compartilhar com os convidados e com o público os modelos de empresas familiares implementados e os excelentes cases no Estado, a primeira transmissão terá como convidados Gabriela Carvalho, diretora Comercial da Newland, e Aírton Carneiro Jr, CEO da Avine, além da mediação de Cícero Rocha, especialista da TrendsCE e presidente do Instituto Empresariar.

Confira a programação:

06/08: Convidados Gabriela Carvalho (diretora Comercial da Newland) e Airton Carneiro Jr (CEO da Avine)
11/08: Convidado Bruno Girão (CEO da Betânia Lácteos)
19/08: Convidada Ticiana Rolim (diretora de Gente e Impacto Social da C. Rolim Engenharia)
25/08: Convidado Ari de Sá Neto (fundador e CEO da Arco Educação)
31/08: Convidado Jorge Pinheiro (presidente do Hapvida)

Ciro foi exigente


No debate com os pré-candidatos, Ciro Gomes não surpreendeu, ao ser exigente, com cada um, sobre temas ligados à gestão fiscal e áreas importantes da administração municipal.

Cid


O senador Cid Gomes (PDT) continua rodando pelos municípios  do Ceará. Em Itapipoca, esteve com Felipe Pinheiro, que disputará a prefeitura, contra João Barroso, pela legenda do PT. O PDT fechou dobradinha com Felipe, em Itapipoca.

Fecomércio



O presidente da Fecomércio, Maurício Filizola, defende amplo esclarecimento sobre o papel do Sistema "S". Ele quer informar a opinião pública que entidades como a Fecomércio são mantidas com dinheiro arrecadado entre as empresas. Desvinculando qualquer relação com o governo federal.

Cascavel


Líder do PSL, o deputado delegado Cavalcante não se manifestou sobre a pré-candidatura do deputado Heitor Freire, presidente do seu partido. Os dois andaram se estranhando, mas se acertaram.

Sem definição


O prefeito Roberto Cláudio preside o PDT de Fortaleza. A ideia do debate entre os pré- candidatos da base aliada foi uma estratégia correta. Izolda Cela, Cid Gomes e Ciro Gomes ouviram os postulantes. Economia, saúde, educação, projetos sociais, turismo, infraestrutura, saneamento, geração de emprego e renda. Tudo discutido. O candidato terá que ser escolhido, até o dia 30 de agosto.

Escândalo


O Governo Federal cortou 565 mil brasileiros do Auxílio Emergencial no valor de R$ 600. A lista abrange cidadãos presos e que moram no exterior. Há, ainda, o grupo dos que receberam o auxílio indevidamente, cerca de 395 mil funcionários públicos descobertos, após a CGU cruzar dados do governo com os dos Tribunais de Contas dos Estados. O rombo foi de R$ 280 milhões.

Em disputa, o título de "Pai dos Pobres


O presidente Bolsonsro decidiu que, toda semana, fará duas viagens. Uma para o Nordeste ou Norte do Brasil e outra para as demais regiões. A ideia é fazer crescer a popularidade entre nortistas e, principalmente, nordestinos mais pobres, propagando o Auxílio Emergencial. Bolsonaro quer tirar de Lula o título de "Pai dos Pobres". Já fala em manter o benefício até dezembro. O ministro da Economia, Paulo Guedes, quer transformá-lo em auxílio permanente.

O pensador Ricardo Cavalcante impõe profissionalismo à FIEC e convive com a classe política


O presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante, tem visão globalizada, onde os negócios estão acima da questão geográfica. Ele transformou a Casa da Indústria em máquina de produzir resultados. O observatório das indústrias do Ceará tem foco. O radar possui como razão de existir a geração de riqueza, para quem tem vocação. Fazer crescer quem nasceu e se desenvolveu, acreditando no Ceará, atraindo empresas e gerando empregos. A visão abrangente de Ricardo Cavalcante impressiona. Ele celebra a instalação de um laboratório de cutelaria na pequena Potengi, no Cariri cearense, para aprimorar a fabricação de facas (vocação da indústria local) e a chegada da cera da carnaúba cearense, que lustra, faz brilhar a pintura dos carros no mercado americano. Cavalcante, também, ensina o dono de granja a comprar milho mais barato em qualquer país e orienta o empresário da pesca a exportar seu atum, lagosta ou camarão para  onde se paga mais no planeta, no momento. A FIEC é a casa dos amigos industriais, ponto de confraternização, mas também uma fonte onde se bebe conhecimento.

O novo olhar para a indústria 4.0 está no foco. O SENAI prepara pessoas para esses novos tempos. Todos os funcionários da Siderúrgica do Pecém saíram da mesma fornalha, as salas de aula e oficinas do SENAI que, também, preparou toda mão de obra para o setores calçadista, de confecção, construção e pesca. Toda fábrica no território cearense tem recurso humano formado no SENAI e nos cursos de pós graduação da FIEC.

Em toda conversa, Ricardo Cavalcante cita seu amigo e companheiro de bons e difíceis momentos: o seu antecessor Beto Studart. Lembra, ainda, industriais de peso, como Ivens Júnior, Abelardo Queiroz, Jorge Pinheiro, Fernando Cirino, Zé Carlos Pontes e uma dezena de grandes empresas. Sem esquecer dos pequenos que, para ele, são os maiores   empregadores, empreendedores individuais embriões de um futuro seguro.

A pandemia parou parte da indústria, esfriou a economia, mas foi importante para unir ainda mais o setor. Ricardo Cavalcante conta, emocionado(com olhos lacrimejando porque perdeu amigos industriais  e familiares para o coronavírus), que passou o pires e conseguiu mais de R$ 12 milhões para doar em respiradores para os hospitais públicos do Ceará, no início da pandemia. Compraram respiradores, doaram. Com os respiradores custando mais de R$ 100 mil, parou de comprar e surgiu a ideia de recuperar tudo que estava parado, quebrado, aguardando conserto. Cerca de 130 respiradores foram recuperados e ajudaram centenas de pessoas a vencer o Covid 19. Uma lição do pensador Ricardo Cavalcante e uma aula dos técnicos do  SENAI. Aliás, a ANVISA, até hoje, não habilitou a máscara de oxigenar, desenvolvida no SENAI, que salvou vidas e só pode ser usada, agora, se receber autorização do órgão maior de vigilância sanitária. Um absurdo!

A FIEC está celebrando 70 anos. Mais de meio milhão de cearenses trabalham na indústria. São os números oficiais. Outros milhares têm suas indústrias na informalidade. A verdade é que esses homens que comandaram e, hoje, estão à frente da FIEC, possuem brilho, o mesmo que tem o sol que ilumina o sertão. A coragem de um Dragão do Mar e o amor à terra encravada no semiárido mais seco do mundo. Construíram um Ceará que fábrica aço, fogões, ventiladores, peças para automóveis e caminhões, ergue moradias, pontes, estradas. Projeta canais e transfere água. O Ceará tem 20 empresários entre os 100 mais bem sucedidos do Brasil. Não são apenas industriais, mas heróis. Venceram a adversidade do clima e do contexto econômico, desafiando o preconceito.

Governador visita Unidade de Apoio a Testagem da Fiocruz no Polo de Saúde do Eusébio


Nesta terça-feira (4), o governador do Ceará, Camilo Santana, visitou a Unidade de Apoio a Testagem da Covid-19 – Ceará, que se encontra em fase final de construção. O equipamento de 2 mil m² está localizado dentro da Sede da Fiocruz Ceará, no Polo Tecnológico e Industrial da Saúde (PITS), no município do Eusébio. Quando finalizado, o equipamento estará apto a realizar testes RT-PCR (swab), para diagnóstico da Covid-19, além dos testes IgG, para identificar se o indivíduo já foi infectado com o coronavírus.

“A Central Analítica, que está em fase final de construção, será um agente muito importante para continuar combatendo a pandemia no Estado e deverá realizar cerca de 10 mil testes RT-PCR por dia, para diagnóstico da Covid, além dos testes IgG”, explica Camilo.

Atualmente, a Fiocruz Ceará finaliza as entrevistas dos profissionais que trabalharão no prédio. Eles irão se revezar em três turnos de trabalho para dar celeridade aos resultados. A iniciativa é do Banco Itaú, por meio do projeto “Todos pela Saúde” e também contempla uma unidade na Fiocruz no Rio de Janeiro. A expectativa é que o equipamento no Ceará comece a funcionar na primeira quinzena de agosto.

“A Fiocruz é uma grande parceira do Governo do Ceará no desenvolvimento da saúde e neste momento de enfrentamento à pandemia, com o parque instalado no Polo de Saúde do Eusébio. Não tenho dúvidas de que a unidade abre caminhos para que o Ceará se torne referência em pesquisa, desenvolvimento tecnológico e industrial na área da saúde”, finalizou o governador do Ceará. Acompanharam o governador durante a visita o secretário estadual da Saúde, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto) e o coordenador geral da Fiocruz, Carlile Lavor.

Parto em tempos de Covid 19


O Hospital Regional de Icó realizou, na noite de terça-feira (4), o primeiro parto de gestante com Covid-19.

Com equipe altamente preparada e paramentada, foi realizada, logo em seguida, ação de desinfecção da área.

A puérpera de 21 anos, de Orós, deu a luz a um bebê saudável do sexo feminino, está isolada na Enfermaria da unidade e sendo acompanhada por equipe exclusiva.

José Guimarães apresenta projeto para garantir saques do FGTS durante a pandemia


O líder da Minoria da Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT/CE), apresentou, nesta terça-feira (4), o Projeto de Lei 4070/2020, que prevê a possibilidade de saques do FGTS até o limite de um salário-mínimo (R$ 1.045) em razão da pandemia do novo coronavírus.

Mais cedo, a Medida Provisória 946/2020, que previa o benefício, foi retirada de pauta na Câmara e deve perder a validade ainda hoje. “O governo cometeu dupla irresponsabilidade ao retirar a MP da pauta. Contra o Parlamento, que votou a matéria, e com o trabalhador brasileiro”, protestou Guimarães durante a sessão.

Sobre o PL 4070/2020

Assim como a MP, o projeto de Guimarães autoriza, até 31 de dezembro de 2020, saques de até R$ 1.045 por trabalhador de suas contas ativas ou inativas vinculadas ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Também foi incluída emenda aprovada pelo Senado, mas com a redação proposta pelo relator da Câmara, no sentido de permitir a movimentação dos recursos da conta do trabalhador demitido sem justa causa que tiver optado pelo saque-aniversário.

Além disso, está assegurada a proibição de que as instituições financeiras usem os recursos liberados de forma automática para cobrir eventuais débitos do trabalhador. O objetivo é possibilitar que o valor atinja o objetivo de ajudá-lo a sobreviver durante o período de afastamento social.

A novidade trazida pelo projeto decorre da oportunidade de ser possibilitado o direito da adesão pela modalidade de saque-aniversário ao trabalhador em período posterior ao seu mês de aniversário, posto que, nos termos atuais da lei, há impedimento temporário, caso não tenha realizado sua manifestação no decorrer do mês específico, só reabrindo nova chance no ano seguinte.

Hotel Municipal irá abrigar pessoas idosas em quarentena a partir de segunda-feira, 10


A Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte irá abrigar no Hotel Municipal, a partir da próxima segunda-feira, 10, pessoas idosas que testarem positivo para a Covid – 19. Serão disponibilizados espaços para cerca de 50 pessoas. O trabalho de organização para receber os pacientes em quarentena já está sendo realizado e haverá uma equipe de acompanhamento, tanto da Secretaria de Saúde como da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, que atuará de forma integrada.

O prefeito Arnon Bezerra determinou o funcionamento do espaço com as condições necessárias para abrigar as pessoas idosas, inclusive algumas delas tiveram que ser retiradas de abrigos, na última semana, em função de terem contraído à Covid – 19. Os casos foram confirmados após o trabalho de testagem que vem sendo realizado pela Secretaria de Saúde nesses locais, com equipes direcionadas para monitoramento nos estabelecimentos.

Será um espaço destinado, conforme a secretária de Saúde, Glauciane Torres, ao isolamento social de pessoas que fazem parte desse grupo de risco, e que estarão sob o acompanhamento e cuidados de profissionais especializados. Algumas dessas pessoas serão encaminhadas da Unidade de Combate ao Covid – 19, ou mesmo do Hospital de Campanha, para concluir o período de quarentena.

A Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte tem tido uma atenção especial voltada às pessoas em situação de vulnerabilidade. Desde março mantém o isolamento social para as pessoas em situação de rua, através da Sedest, inclusive com acompanhamento dessas populações, em funcionamento no Centro Multifuncional.

O prefeito municipal Arnon Bezerra realizou a preparação do espaço do hotel, deixando o local para situações emergenciais ou alguma eventualidade de atendimentos relacionado aos casos de Coronavírus em Juazeiro do Norte. Com isso, possibilitando agora apenas as adequações do mobiliário, adaptando a um lugar de repouso e recuperação dos pacientes da Covid 19.

Naumi autoriza atendimento para mais de cinco mil famílias de residenciais do “Minha Casa Minha Vida”


O prefeito Naumi Amorim assinou, na manhã desta terça-feira (4), a ordem de serviço para a realização de atividades de caráter informativo, educativo e de promoção social para mais de cinco mil famílias de unidades habitacionais dos empreendimentos do “Minha Casa Minha Vida” do município.

Intitulado “Trabalho Técnico Social”, as ações serão coordenadas pela Secretaria de Planejamento Urbano e Ambiental, abordando temas como mobilização social, comunicação, participação e organização comunitária, educação sanitária e ambiental, cidadania, geração de trabalho e renda, integração e organização da comunidade e gestão condominial.

“Esse é um trabalho que eles nunca tiveram. É a oportunidade que as famílias vão ter não apenas de aprender a conviver melhor entre elas, mas até mesmo de geração de renda, com a oferta de cursos e capacitações. É uma nova e importante etapa para cada morador dessas unidades habitacionais”, enfatiza o prefeito Naumi Amorim.

“Esse Trabalho Técnico Social só está sendo executado graças ao empenho do prefeito Naumi Amorim, que entendeu a necessidade de promover um ambiente de convivência mais harmônico e produtivo para os moradores. Os profissionais envolvidos vão apresentar para cada residente novas perspectivas”, comenta o titular da Secretaria de Planejamento Urbano e Ambiental, Daniel Cavalcante.

Estão previstos trabalhos com idosos, oficinas culturais para crianças e adolescentes, palestras nas áreas de saúde, economia, patrimônio, meio ambiente, emprego e renda, eventos informativos e atividades voltadas para a integração dos moradores e fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários, entre outras.

Máurea Uchôa, síndica do Residencial São Paulo, no Icaraí, classifica como positiva a iniciativa. “Vamos ter acesso a informações que nunca tivemos. É um cuidado e uma atenção muito importante pra gente. Estamos animados”, comenta. Quem também comemora a chegada do Trabalho Técnico Social é a Eliane de Oliveira. “A gente espera que o resultado seja bom. É um presente”, diz ela, residente de uma das unidades.

Arnon Bezerra vai entregar conjunto habitacional, com 900 moradias, na Vila Três Marias


O prefeito Zé Arnon Bezerra concluiu a obra do Conjunto Habitacional Leandro Bezerra I, II E III. Os apartamentos vão realizar o sonho da casa própria  de muitas famílias pobres. O condomínio  é o mais moderno de Juazeiro do Norte e o maior erguido no município, para atender famílias carentes..

As 900 famílias terão no conjunto habitacional e infraestrutura de tratamento de esgoto, água tratada, energia elétrica, academia ao ar livre, áreas de lazer, espaço para prática de esporte, local para  eventos e acesso fácil de transporte em calçamento.

Segundo o prefeito José Arnon Bezerra, o conjunto habitacional está dentro do projeto de atendimento às famílias vulneráveis e de acolhimento proposto pela gestão municipal de Juazeiro do Norte. A entrega será feita com transparência.

O prefeito vai articular a data da entrega. Zé Arnon segue a lei eleitoral e não estará presente na  inauguração e entrega das unidades habitacionais.

Em debate, Sarto propõe Fundo Garantidor para ampliar microcrédito


Pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo PDT, o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado José Sarto, propôs, na noite desta terça-feira (4), a criação de um Fundo Garantidor, para oferecer opção de microcrédito a pequenos empreendedores. “Quero aprofundar a ideia do Município como indutor da economia. A gente percebe que, nas grandes recessões, é necessário investimento público. Eu discutiria a criação de um Fundo Garantidor em Fortaleza”, afirmou.

A proposta foi apresentada durante o quinto debate com prefeituráveis pedetistas, que teve como tema “Emprego e Renda no Pós-Pandemia” e foi mediado pelo vice-presidente nacional do PDT, Ciro Gomes. O pré-candidato pelo Cidadania, Alexandre Pereira, participou do encontro como convidado.

Na avaliação de Sarto, garantir microcrédito é fundamental para aqueles que são desbancarizados e não têm sequer acesso a uma conta bancária. Ele explicou que o Fundo Garantidor de Fortaleza diz respeito a captar recursos e oferecer microcrédito. “É garantir que um empreendedor possa abrir um restaurante lá no Vila Velha. Quer botar pra funcionar e não tem capital de giro. O fundo vai proporcionar isso”, argumentou.

Durante o debate, Sarto demonstrou preocupação com a economia da Capital a partir dos impactos da pandemia. “Há perspectiva de queda de arrecadação e aumento de despesa, o que vai impactar na vida do trabalhador. O grande desafio do próximo gestor será o desemprego e pensar criativamente em como gerar oportunidade”, defendeu.

Para o parlamentar, ajuste fiscal e investimento em obras públicas são caminhos fundamentais para gerar emprego e renda. “O ambiente de negócios de Fortaleza evoluiu bastante, porque foi preparada uma legislação moderna. A gestão fez ajuste fiscal espetacular, triplicou o investimento público, o que significa construção de posto de saúde, de escola, Areninha, e isso é emprego”, explicou.

De acordo com o pré-candidato, a gestão acertou ao fazer ajuste fiscal, criando um ambiente para atrair a iniciativa privada. “Confiança é fundamental para a economia, é princípio basilar do comércio. É muito importante fortalecer essa ambiência de negócios na cidade”, defendeu.

Sarto mencionou ainda sua preocupação com a população mais jovem, enfatizando a necessidade de oferecer capacitação, explorando novas tecnologias. “Fortaleza tem Cinturão Digital próprio. Então o que fazer com essa juventude, de 14, 15 anos? A gente deve capacitar. E capacitar, nesse período em que estamos, significa dar segundo idioma, apresentar novas tecnologias”, acrescentou.

Ao ser questionado por Ciro Gomes sobre como reverter a lógica urbanista de Fortaleza e proporcionar emprego próximo de casa, Sarto propôs estimular negócios nas regionais. “Precisamos criar centralidades em grandes bairros, estimulando infraestrutura e fortalecendo o empreendedorismo, sem desprezar o Centro. Fazer pactuação com o Estado, além de uma operação consorciada. Conjugar esforços e devolver o Centro ao fortalezense”, detalhou.

Série de debates

Sarto é pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo PDT ao lado do deputado federal Idilvan Alencar, do deputado estadual Salmito Filho e dos ex-secretários municipais Ferruccio Feitosa e Samuel Dias. Essa já é a quinta Live realizada pelo partido. A primeira teve o objetivo de apresentar os candidatos. Na sequência, foram discutidos os temas “Saúde e Vida”, “Educação e Cultura” e “Mobilidade, Urbanismo e Meio Ambiente”. Na próxima quinta-feira (6/8), às 18 horas, haverá novo debate. Dessa vez, o tema será “Habitação, Saneamento e Infraestrutura”, com mediação do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi.

terça-feira, 4 de agosto de 2020

1º Seminário Virtual do PSD Ceará debate eleições municipais 2020


O 1º Seminário Virtual do PSD - Eleições Municipais 2020 - será realizado próximo dia 7 de agosto, das 8h às 12h, com o melhor do contexto eleitoral e irá permitir um engajamento de todas as regiões do estado.

A conferência magna será com o ex-vice-governador do Ceará, presidente estadual do PSD Domingos Filho e o relator-geral do Orçamento da União, deputado federal Domingos Neto, que discursarão sobre o tema: Estratégia Eleitoral para Disputa sem Coligação Proporcional - Cálculo de Quociente e Sobras Eleitorais.

O primeiro painel será sobre a participação feminina – Mulher: Seu Lugar também é na Política – com a presidente estadual do PSD Mulher e deputada estadual, Erika Amorim, que ressalta a atuação no Legislativo e a deputada estadual, Patrícia Aguiar, reforça a importância da Mulher no Executivo.

O seminário abordará eixos temáticos de grande relevância como: Financiamento Público de Campanha, Modelo de Campanha Eleitoral Digital e Prazos, Desincompatibilização e Vedações Eleitorais. O evento é direcionado aos que disputarão o pleito eleitoral 2020 pela legenda e terá como palestrantes os parlamentares e assessores da sigla.

Para Domingos Filho, o ano de 2020 já sinaliza um resultado positivo para o PSD. O partido é o 2º maior do estado com 36 prefeitos, 15 vice-prefeitos e centenas de vereadoras e vereadores. “A adesão à agremiação de inúmeras lideranças revela a credibilidade no trabalho nos últimos anos. Hoje, a sigla vai para a disputa eleitoral com candidatos majoritários a prefeitos em mais de cem municípios, vice-prefeitos em outras 30 cidades e vereadores em quase todos os municípios cearenses. Vamos participar de disputas eleitorais democráticas com outros partidos políticos, respeitando o direito da participação das demais legendas e agradecendo o voto de confiança dos candidatos que escolheram o PSD como opção para a militância política e a disputa eleitoral. Juntos, vamos lutar e trabalhar para a vitória”. Afirmou

Lei quer produtos locais com o selo “Produto Cearense”


Com a ideia de fomentar a economia cearense por meio do estímulo ao consumo de produtos locais, o Projeto de Lei N.° 181/20, de autoria dos deputados estaduais Romeu Aldigueri (PDT) e Salmito Filho (PDT), institui o uso do selo “Produto Cearense”.  A proposição já foi aprovada na Assembleia e aguarda sanção do governador Camilo Santana (PT).

Lojas, supermercados, padarias, drogarias e estabelecimentos similares deverão indicar os produtos de origem cearense afixando o selo com a inscrição “Produto Cearense” ao lado da indicação do preço do produto ou nas alas ou prateleiras destinadas, exclusivamente, para produtos cearenses. Os estabelecimentos que descumprirem esta Lei ficam sujeitos à aplicação de multa que podem ir de cem a mil reais.

De acordo com o PL, entende-se por produto cearense aquele originado e comercializado no Estado do Ceará. A finalidade é conscientizar a população cearense quanto a importância de consumir produtos de origem local, contribuindo para o fomento econômico e estimulando o empreendedorismo.

“Com o selo, o consumidor poderá optar por levar para casa um produto cearense. É uma forma de estimular a nossa população a comprar o que é nosso, o que é feito aqui, e contribuir para um círculo positivo na economia local”, explica o deputado estadual Romeu Aldigueri, um dos autores do projeto.

O texto prevê ainda que o Poder Público poderá realizar, em parceria com entidades da sociedade civil organizada, campanhas publicitárias com o objetivo de estimular o consumo de produtos de origem cearense.

Audic Mota e a caprinovinocultura dos Inhamuns: comércio de animais terá espaço em Fortaleza, na Feira da Expoece, e Adagri fará o combate à anemia nos rebanhos


O deputado Audic Mota (PSB) anunciou, no início da tarde desta segunda-feira, 3, o atendimento pelo Governo do Estado a recorrentes reivindicações dos produtores rurais de Tauá e região dos Inhamuns. As demandas, levadas ao parlamentar na semana passada, foram, oficialmente, decididas e autorizadas, hoje, em reunião, na sede da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Agrário (SDA).

Primeiro, a instalação de um espaço para comércio de animais vivos em Fortaleza, o que acontecerá na Feira da Expoece, no bairro São Gerardo, em área cedida pela Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA).


Segundo, o combate sistemático à anemia que acomete rebanhos de ovinos e caprinos nos Inhamuns, a ser realizado pela Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adagri).

Compromissos foram firmados e anunciados, hoje, após reunião, com a presença do deputado Audic Mota e dos secretários estaduais de Desenvolvimento Agrário, De Assis Diniz, e de Planejamento, Ronaldo Borges, da presidente da Adagri, Vilma Freire, e do prefeito de Quiterianópolis, Dr. Barreto, além de servidores.

“Fortaleza Mais Verde” irá implantar corredores cicloviários verdes e microparques urbanos na Capital


O prefeito Roberto Cláudio lançou, em transmissão ao vivo pelas redes sociais, o programa Fortaleza Mais Verde. Por meio da implantação de corredores cicloviários verdes e de microparques urbanos na Capital, o projeto-piloto deverá ser iniciado ainda ao longo do mês de agosto, transformando, gradativamente, o cenário paisagístico de múltiplos territórios.

O projeto será realizado pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), em parceria com a Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (UrbFor).

“O intuito da proposta é preservar, garantir e ampliar progressivamente a cobertura verde da Cidade de Fortaleza, tornando essas áreas utilizáveis para serem usufruídas pela população. Temos várias ações de paisagismo e urbanização em andamento. Deveremos receber sugestões a respeito deste novo projeto-piloto. Queremos deixá-lo implantado e irreversível”, explicou o Prefeito, que esteve acompanhado pelo presidente da Urbfor, Régis Tavares, e pelo titular da SCSP, João Pupo.

Conforme o secretário executivo da SCSP, Luiz Alberto Sabóia, a ação será estruturada em dois eixos distintos e complementares.


Ciclo Mais Verde

O projeto visa à completa arborização das principais ciclovias e ciclofaixas de Fortaleza. “O objetivo é proporcionar maior conforto térmico aos ciclistas, ampliar a cobertura vegetal das ruas e criar uma identidade temática para os corredores”, informou.

De acordo com o avanço do projeto-piloto, a implantação gradativa irá contemplar uma ciclofaixa por mês. Até o fim de 2020, as avenidas Domingos Olímpio, Presidente Castelo Branco, Santos Dumont e Rogaciano Leite, além da Rua Urucutuba, na Granja Lisboa, deverão passar por intervenções infraestruturais que totalizarão 19 quilômetros de vias arborizadas.

Por meio do plantio de três mil árvores, os corredores contarão com a distribuição de diversas espécies nativas. “Serão plantados ipês, oitis, mungubas, angicos, sibipirunas, chichás, entre outros. No entanto, uma espécie predominante será usada para nomear os corredores verdes”, disse Sabóia.

Conforme o cronograma de implantação estipulado, a Avenida Rogaciano Leite deverá, ainda em agosto, ser contemplada com a Ciclofaixa dos Oitis. A Ciclofaixa dos Ipês, cuja instalação está prevista para setembro, transformará a ambiência da Avenida Domingos Olímpio.

Em seguida, a instalação progressiva incluirá, em outubro, novembro e dezembro, respectivamente, a Ciclofaixa das Aroeiras, na Rua Urucutuba, a Ciclofaixa das Mungubas, na Av. Presidente Castelo Branco, e a Ciclofaixa das Sibipirunas, na Av. Santos Dumont.

Defensoria Pública atuará em regularização fundiária de 30 famílias da comunidade Nova Canudos, em Fortaleza


A Defensoria Pública do Estado do Ceará atuará em parceria com uma equipe de arquitetas  selecionada em segundo lugar no edital do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Ceará para elaboração de ações na categoria projeto de Regularização Fundiária de Interesse Social. Ao todo, 30 famílias da comunidade Nova Canudos, localizada no Grande Bom Jardim, em Fortaleza, terão a possibilidade de iniciar os processos de usucapião para terem suas unidades habitacionais regularizadas. A ação busca democratizar o acesso ao serviço de arquitetura e incidir sobre a construção de políticas públicas a partir da leitura desse serviço como um direito.

“Serão entregues uma planta de parcelamento, bem como as plantas baixas e memoriais descritivos das 30 unidades escolhidas junto às associações comunitárias locais. Os moradores da Nova Canudos são mobilizados e conscientes de seus direitos. Foi nessa comunidade que se iniciou a luta para a criação da Zeis Bom Jardim”, lembra Mariana Quezado, coordenadora do projeto selecionado. A equipe é composta ainda pelas arquitetas Aline Feitoza e Marcela Monteiro.

O Núcleo de Habitação e Moradia da Defensoria (Nuham) aponta as dificuldades para a instrução de processos judiciais de usucapião, já que dentre as documentações comprobatórias exigidas pela Justiça está a realização de memoriais descritivos e das plantas das casas, assinadas por profissionais especializados, o que a população de baixa renda não consegue pagar.

Para o defensor público supervisor do núcleo, José Lino Fonteles, “com a planta georreferenciada, os documentos pessoais dos possuidores, as certidões dos seis cartórios de registros de Fortaleza e comprovante de residência, temos condições de ajuizar a ação. Essa atuação é a concretização do acesso pleno à justiça, permitindo a estes cidadãos ter o tão sonhado papel da casa”, destacou o defensor público.

A assessora de Relacionamento Institucional da Defensoria, Michele Camelo, acompanhou a primeira reunião para ajustar o planejamento da ação de regularização fundiária das unidades habitacionais da comunidade Nova Canudos. “É bom trabalhar com quem tem o mesmo objetivo da Defensoria, de inclusão social e desenvolvimento humano. Esse projeto mostra que justiça não é simplesmente demandar junto ao poder judiciário, ela envolve muitas outras coisas e se faz não só com operadores do direito. Justiça é fazercom que as pessoas possam conhecer seus direitos e o exercer diariamente”, destacou Michele Camelo.

Leitor do blog, que era eleitor do PT, em Senador Pompeu, diz votar em Maurício Pinheiro, do PDT, para prefeito


Elielton é um internauta. Trabalha, dedica a vida à família. Também, gosta de política, principalmente, em Senador Pompeu.

Pois bem. Elielton escreveu, em sua página na rede social,  sua posição política em Senador Pompeu para a eleição municipal de 2020.

"Não é segredo pra ninguém que eu sempre botei no PT de Senador Pompeu. Puxava carreata , palanque, fiz música, comprava briga, aqui na nas redes sociais. Avaliando o que foi feito, o que está sendo feito, agora, sou Maurício para prefeito", escreveu Elielton.

Maurício Pinheiro é o atual prefeito do município.

Organização Mundial de Saúde alerta que, talvez, nunca se descubra um remédio contra a Covid-19


A bala de prata, segundo a lenda, é o único tipo de munição capaz de matar o lobisomem. E, apesar das várias tentativas de encontrar a bala de prata que acabe com o coronavírus, “pode ser que nunca exista”. Esse foi o alerta feito nesta segunda-feira por Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), que usou essa expressão popular em inglês para se referir a uma panaceia, um remédio definitivo contra uma doença que infectou 17,5 milhões de pessoas e causou 686.000 mortes em todo o mundo em apenas alguns meses.

“Várias vacinas estão na fase três dos ensaios clínicos e todos nós esperamos que delas saiam vacinas eficazes para ajudar a impedir que as pessoas se infectem, mas, no momento, não há bala de prata e pode ser que nunca exista”, disse o chefe da OMS em uma conferência de imprensa desde Genebra. Por esse motivo, Ghebreyesus fez um chamado para a perseverança nas medidas que até agora deram resultado na contenção da pandemia, “o básico em saúde pública e controle de doenças: testes, isolamento, tratamento de pacientes e rastrear e pôr em quarentena os seus contatos”, lembrou o especialista. Para os cidadãos, “máscaras, distanciamento seguro, higiene frequente das mãos e tossir de forma segura em relação aos outros”. “Façam tudo”, ele insistiu.

Os especialistas desse órgão da ONU enfatizaram a necessidade de interromper a cadeia de contágios, já que o percentual de mortes entre os infectados é “muito alto”. A chefa do Departamento de Doenças Emergentes da OMS, María Van Kerkhove, explicou que, embora o porcentual de mortes entre os casos diagnosticados de covid-19 (686.000 de 17,5 milhões) esteja próximo de 4%, a taxa real provavelmente é menor do que 1%, mais especificamente, 0,6%, segundo os estudos citados por ela. Embora seja um porcentual que, “em princípio, pode não parecer muito alto, na realidade é, se for levada em consideração a grande capacidade de transmissão” da doença.

Ghebreyesus pediu aos países que conseguirem controlar a transmissão que se mantenham vigilantes, já que "suspender as restrições cedo demais pode dar origem a surtos". Por sua vez, o diretor de Emergências de Saúde da OMS, Mike Ryan, alertou que em países com alta transmissão da doença, como Brasil e Índia, "o caminho de saída ainda é longo" e requer um "compromisso sustentado". Em alguns casos, antecipou, será necessário que os Governos deem um passo atrás e reconsiderem sua estratégia para verificar se estão fazendo tudo o que podem contra o vírus.

O diretor-geral da OMS também enfatizou que os serviços de saúde devem fomentar a amamentação, mesmo que se suspeite ou se confirme que as mães ou seus bebês estão com covid-19. “Os benefícios superam em muito os riscos de contágio”, disse Ghebreyesus, por ocasião da Semana Mundial do Aleitamento Materno, que vai de 1 a 7 de agosto.

Ele também pediu que seja mantido o contato pele a pele com o recém-nascido, o método canguru. Durante a pandemia, a falta de informações sobre as consequências da doença em mulheres grávidas e nos bebês ―bem como o medo de contágio― fez com que muitos hospitais abandonassem essas práticas e separassem as mães dos recém-nascidos, apesar de a OMS quase desde o início ter informado que isso não era necessário.

O Covid 19 poderá se tornar uma gripe de convivência com as pessoas como as que acometem no dia a dia, só que mais letal.