domingo, 9 de agosto de 2020

Adiamento das eleições municipais abre brecha para candidaturas ficha suja


O adiamento das eleições municipais, em virtude da pandemia de covid-19, abriu uma brecha para que candidatos ficha suja possam se candidatar em 2020. Caso as eleições fossem mantidas em outubro, condenados por abuso de poder nas eleições de 2012 estariam inelegíveis. Com a mudança do pleito para 15 de novembro, estes candidatos podem vir a participar das eleições por já terem cumprido o prazo condenatório de oito anos.

O deputado Célio Studart (PV-CE) fez uma consulta ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre o tema com base em questionamentos do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE). De acordo com o advogado Marlon Reis, um dos signatários do documento, a consulta questiona que, apesar das mudanças efetuadas na emenda constitucional 107, que estabelece novo prazo para as eleições, não houve adequação quanto às datas de inelegibilidade.

“Nós entendemos que tem de se aplicar o artigo 16 da Constituição e não permitir que esta mudança feita desta maneira beneficie essas pessoas. É um contrassenso completo, pessoas que estariam inelegíveis se não houvesse a pandemia, passam a estar elegíveis”, diz.

Ainda de acordo com o advogado, os principais beneficiários desta brecha são candidatos condenados por abuso de poder econômico, abuso de poder político e compra de votos.

Em resposta à consulta, o TSE emitiu um parecer técnico contrário ao entendimento dos advogados e do deputado Célio Studart. Agora o caso segue para o Ministério Público, que também deve se manifestar sobre o tema.

No documento, o TSE aponta que “não tendo o Congresso Nacional optado por postergar o prazo final das inelegibilidades em razão da alteração da data do pleito para o mês de novembro, entende-se não haver campo para que tal providência se dê no âmbito desta Corte Superior”.

O TSE diz ainda que “consideram-se aplicáveis às Eleições 2020 as disposições das Súmulas números 19 e 69 deste Tribunal Superior, de modo que a contagem dos prazos de os inelegibilidade deve observância ao critério dia a dia.”

Após o parecer do Ministério Público, os ministros da Justiça Eleitoral devem decidir sobre a aplicação da inelegibilidade para estes candidatos no pleito de 2020. O julgamento deve ocorrer, segundo Marlon Reis, ainda em agosto. A relatoria é do ministro Edson Fachin.

Pânico no Porto das Dunas com o coronavírus


A Prefeitura de Aquiraz , segundo síndicos de condomínios e dirigentes de hotéis, determinou o fechamento de piscinas e áreas de alimentação. A recomendação ou determinação foi do Ministério Público de Aquiraz, no mesmo dia em que o governador Camilo Santana decretou a liberação dos parques temáticos no Ceará. "Foi um deus promotor ou desembargador", ironizam os moradores, que não receberam qualquer  justificativa.

O síndico do Aquaville, coronel Castelo Branco, determinou o fechamento de piscinas, churrasqueira e  restaurante. "Não recebemos nada oficialmente", diz o comunicado do condomínio aos proprietários.

Revoltados, os condôminos procuraram esclarecimentos e não conseguem respostas. A verdade é que não existe nenhum decreto da Prefeitura ou ofício do Ministério Público, determinando tal medida. Se existe, está sendo colocado como sigiloso. As autoridades de Aquiraz precisam esclarecer.

100 mil mortos. A vacina é nossa salvação


É muito difícil, nesse Dia dos Pais, escrever sobre coronavírus. Vêm à memória, parentes, amigos e desconhecidos que morreram, antes do encerramento do ciclo, uma interrupção que prejudicou famílias, causou sofrimento e, ainda, vai gerar muita dor, principalmente, a da ausência.

As ausências mudaram a liderança das famílias ou a busca de um novo rumo. Desfalcou orçamentos, deixou crianças órfãs. O poder público terá que abraçar e amparar muitos, que perderam seus chefes, deixando impreenchível uma grande lacuna.

Fazer o quê? A economia move o mundo, o governo arrecada para sustentar seus servidores e o contribuinte paga. Seus servidores estão muito bem, obrigado. Mas, o contribuinte, principalmente, o vulnerável continua na miséria, mal atendido, largado.

A única esperança para todos nós é a imunização. Sem ela, estaremos cumprindo nossas obrigações em casa, no trabalho, tendo que sair para ganhar a vida, correndo o risco de retornar contaminado pelo Covid 19 ou enviado direto para o hospital. O pior dos horrores é saber que nem testes à vontade teremos. Somente os mais abastados podem pagar pelos exames. É a realidade, cruel.

Entre os 100 mil mortos, estão significados profundos, lições, aprendizado, mas nenhuma resposta clara. Os médicos e enfermeiros criaram os protocolos para tratar a doença. O aprendizado surgiu após testar medicamentos em pacientes contaminados. A lentidão para a descoberta da vacina é injustificável, se olharmos a tecnologia no mercado da indústria farmacêutica. O mais triste, até aqui, sobre o tema é acompanhar os valores cobrados pelo nosso sonho. Uma vacina.

BNB seguindo a linha


O Banco do Nordeste do Brasil é exemplo para os demais bancos brasileiros. Segue a linha de juro determinada pelo Banco Central. Resultado: tem o maior volume de empréstimos e clientes, com menor inadimplência.

O presidente do BNB, Romildo Rolim, atende do pobre ao rico, em seu gabinete, ambiente de bom gosto e simples, vestindo camisa polo, com a logo do banco. Entre as marcas do BNB, o Microcrédito. Modelo para outras instituições financeiras.

Grupo Coco Bambu leva almoço para Bolsonaro no Alvorada


Um mês e dez dias depois de ter ido ao Ceará para celebrar a chegada das águas do rio São Francisco ao estado, via transposição, o presidente Jair Bolsonaro recebeu nessa quarta-feira a visita do empresário Afrânio Barreira, fundador da rede de restaurantes Coco Bambu, nascida em Fortaleza, que estava acompanhado de quatro diretores do grupo, para um almoço de frutos do mar e pescado levados pelos visitantes. O encontro foi agendado pela deputada federal Bia Kicis, ex-líder do governo no Congresso Nacional, e amiga do presidente, que apresentou o empresário cearense a Bolsonaro.

"Nós não fomos reivindicar nada, apenas prestar nosso apoio ao governo e desejar boa sorte ao presidente para que consiga desenvolver um bom trabalho superando as dificuldades nesses tempos de pandemia", comentou Afrânio Bezerra, que entregou a Bolsonaro um exemplar do Anuário Coco Bambu, lançado este mês, com a descrição e fotos de todos os restaurantes.

A rede, que começou com uma pastelaria e se especializou em pescados e frutos do mar, há 31 anos, hoje ostenta 45 unidades pelo Brasil. Chegou até a abrir uma operação em Miami, mas fechou as portas no primeiro ano. Desde o início da campanha eleitoral, o candidato à presidência da República, Bolsonaro contou com a simpatia e apoio do grupo cearense, a exemplo de outros gigantes do setor econômico, como a rede de lojas Havan.

"Nós somos um dos maiores grupos empresariais do setor de alimentação do país, então é natural que torçamos para que o Brasil avance e aumente o número de empregos", disse Beto Pinheiro, um dos quatro sócios da rede na Capital, presentes ao almoço. Os outros três foram Daniel Chehab, Eilson Studart e Igor Fernandes. Os cinco empresários estiveram no Palácio da Alvorada acompanhados de suas respectivas mulheres. A primeira dama Michele Bolsonaro, que se recupera da Covid 19, guarda isolamento.

Peixe frito

No almoço, os sócios-proprietários de estabelecimentos da grife gastronômica tiveram o cuidado de selecionar, além de uma salada variada, três pratos nos quais o principal ingrediente vem bem cozido. É notória a aversão de Bolsonaro por peixe cru, desde a visita que fez ao Japão em outubro do ano passado, quando lhe foi oferecida a iguaria típica do arquipélago nipônico e ele rejeitou, explicando: "Eu só como peixe frito".

Daí a pescada amarela ter sido feita no forno com leve molho amanteigado de tomates cerejas, alcaparras, vinho branco e manjericão. É servida com batatas assadas igualmente no forno. Chamado peixe amalfitana, o prato foi um dos tops oferecido no restaurante pelo Dia das Mães por R$ 186 para duas pessoas. No Alvorada, ganhou ainda acompanhamento de arroz e farofa de banana.

De consistência cremosa, o segundo prato — bobó de camarão — é feito com o crustáceo refogado no azeite de dendê, com tomate, cebola, pimentões, misturados com purê de mandioca (macaxeira cozida, no menu), cheiro verde e leite de coco. No restaurante, o prato é servido com arroz branco e purê de abóbora gratinado com queijo coalho a partir de R$ 177 para até quatro pessoas. Quem esteve próximo à mesa viu que Bolsonaro deu preferência à salada e ao prato de camarão.

Completou o cardápio um empadão, também de camarão, que segundo o próprio condutor da iguaria, "estava uma delícia", disse Beto Pinheiro, que é presidente da Abrasel-DF, a entidade que congrega bares e restaurantes no Distrito Federal e está promovendo um festival de delivery até o dia 20 deste mês com a participação de mais de cem associados.

Acompanhado da mulher, Daniela Barreira, que também é sócia da rede, Afrânio contou ao presidente que planeja abrir em 2021 mais 12 operações em diversas unidades da Federação, estando já com a dúzia de contratos devidamente assinados. Em Brasília, a rede tem quatro lojas: Lago Sul, ParkShopping, Brasília Shopping e Águas Claras.

Iguatu, cidade abandonada, denunciam moradores


No Iguatu, município do Centro-Sul do Ceará, os moradores decidiram infernizar a vida dos atuais gestores da cidade. Por meio do WhatsApp, montaram uma rede de fiscais. Publicam fotos e vídeos, exibem o caos. Lixo, esgoto, prédios, ruas e praças destruídas.

O atual prefeito Ednaldo Lavor é responsabilizado nas postagens. As vésperas do início da campanha eleitoral, o ambiente não é nada positivo. O julgamento final, em 15 de novembro.

sábado, 8 de agosto de 2020

Salmito registra pesar pela triste marca de 100 mil mortos pela covid -19 no Brasil

Dados do Ministério da Saúde, divulgados no início da noite, mostram um total de 100.477 óbitos e 3.012.412 casos acumulados.

Em suas redes sociais, Salmito Filho lamenta o fato citando Jesus de Nazaré em João 10:10. “ Eu vim para que TENHAM VIDA e VIDA em ABUNDÂNCIA.”

Salmito Filho é deputado e pré-candidato a prefeito de Fortaleza

Sarto manifesta pesar pelas 100 mil vítimas de Covid-19 no Brasil e reclama do horror no negacionismo

"Ultrapassamos a terrível marca de 100 mil vidas perdidas para a Covid-19 no Brasil. São histórias e sonhos interrompidos de mães, pais, filhas, filhos e amigos que deixam saudades. Minha solidariedade às famílias, abaladas por essa tragédia agravada pelo horror do negacionismo", escreveu o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, José Sarto.

Médico, Sarto sabe que houve negligência por parte do governo brasileiro nas ações de combate ao coronavírus. Ele contaminou o Brasil e o Ministério da Saúde adotou o estilo boiada, expondo a população e provocando mortes, sendo o presidente Bolsonaro o líder do movimento, mandando a população para as ruas. 100 mil mortos. 1.100, por dia, atualmente. Se a vacina não chegar, só o esforço dos governadores e prefeitos para controlar, com medidas duras de isolamento.


Camilo Santana: "100 mil mortes o Brasil chora diante de um dos mais tristes momentos da sua história"

O governador Camilo Santana publicou, nas redes sociais, uma mensagem aos familiares dos mortos pelo coronavírus e um alerta aos brasileiros que lutam contra o Covid 19.

No texto curto e pontuado, o governador Camilo Santana escreveu que precisamos continuar lutando e que a "incalculável perda de  mais de 100 mil vidas e a imensurável dor de suas famílias jamais  sejam esquecidas".


Eleições 2020: Ceará tem 6,5 milhões de eleitores aptos a votar e o Brasil 147 milhões


Dados divulgados  pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que o Ceará tem 6.567.760 eleitores aptos a votar nas eleições de novembro, esse total representa 4,44% do eleitorado brasileiro (desconsiderando os eleitores do DF, Fernando de Noronha e Exterior). Os maiores quantitativos estão em Fortaleza, 1.821.382 eleitores; Caucaia, 222.128, e Juazeiro do Norte, 174.604 eleitores.

Em todo o Brasil são mais de 147 milhões de eleitores aptos a votar nas Eleições 2020. Esses eleitores vão eleger novos prefeitos e vereadores em 5.569 municípios espalhados pelo país no pleito marcado para o dia 15 de novembro. Apenas o Distrito Federal e Fernando de Noronha não participam das eleições municipais. Os eleitores brasileiros que estão registrados para votar no exterior também não participam desse pleito, uma vez que o voto em trânsito só ocorre nas eleições gerais.

Voto obrigatório e voto facultativo

Existem 133.377.663 eleitores com voto obrigatório e outros 14.538.651 cujo voto é facultativo em todo o país. Entre os eleitores com voto obrigatório, a maior parte está na faixa etária de 35 a 59 anos, sendo 67.011.670 no total. Já os eleitores jovens, na faixa etária de 18 a 24 anos, somam 19.040.756 cidadãos.

O eleitorado com voto facultativo apresenta uma curiosidade: existem 65.589 idosos com mais de 100 anos que estão com as obrigações eleitorais em dia e poderão ir às urnas.

Ainda sobre esses eleitores que não são obrigados a votar, mas fazem questão de exercer a cidadania por meio do voto, estão 1.030.563 jovens entre 16 e 17 anos; 8.784.004 idosos entre 70 a 79 anos; e 4.658.495 idosos de 80 a 99 anos.

Grau de instrução

A maior parte do eleitorado brasileiro informou ter o ensino médio completo, sendo 37.681.635 (25,47%) nesta condição. Em seguida, outros 35.771.791 eleitores (24,18%) disseram ter o ensino fundamental incompleto. Outros 22.900.434 (15,48%) possuem o ensino médio também incompleto. Apenas 10,68% do eleitorado brasileiro, ou seja, 15.800.520 concluíram a graduação superior.

Eleitores com deficiência

Enquanto em 2016 os eleitores com deficiência eram 598.314, neste ano, 1.158.234 declararam necessitar de algum tipo de atendimento especial. Houve, portanto, uma evolução de 93,58% de eleitores com deficiência que pretendem votar este ano. Importante destacar que os dados consideram a declaração do cidadão no momento em que se registrou como eleitor, ou seja, não significa que houve um aumento de pessoas com deficiência.

Juros de cartão de crédito e cheque especial limitados a 30%


Em uma derrota do governo, o Senado aprovou o projeto de lei que limita os juros anuais de cartão de crédito e do cheque especial a 30% durante o estado de calamidade pública decorrente da pandemia de coronavírus. Após esse período, as taxas cobradas voltarão aos patamares anteriores.

No caso das fintechs, a taxa máxima nas duas linhas de crédito pode chegar a 35% ao ano.

Em junho, os juros anuais do rotativo do cartão chegaram a 300,3% e do cheque especial a 110,2%, segundo dados do BC (Banco Central).

A proposta aprovada pelos senadores também determina que o BC e o Ministério da Economia, que compõem o CMN (Conselho Monetário Nacional), devem regulamentar o limite dos juros do cartão de crédito, após o fim do estado de calamidade.

O texto segue para a Câmara dos Deputados. Se aprovado pelos deputados sem alteração, a proposta segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Tanto o Ministério da Economia como o BC são contra a limitação dos juros e tentarão barrar o texto na Câmara.

"Vários países como Portugal, Espanha, Alemanha e Itália já utilizam limitadores máximos, e os bancos competem livremente no mercado abaixo desses limites. Na América Latina, em que não há limitação, ainda assim as médias de juros giram em torno de 40% a 55%, bem abaixo dos valores praticados no Brasil”, afirmou o relator do projeto, senador Lasier Martins (Podemos-RS).

Limite já existe no cheque especial

Desde janeiro, as taxas cobradas no cheque especial não podem superar os 8% ao mês, ou 151,8% ao ano, conforme regra criada pelo Banco Central no fim de novembro de 2019.
Apesar do teto, os juros do cheque especial continuam como o segundo mais elevados do mercado financeiro do país, atrás apenas das taxas do cartão de crédito.

A regra do BC também permitiu aos bancos cobrar uma nova tarifa pelo produto. Assim, mesmo que a pessoa não use o cheque especial, apenas o fato de ter o limite autorizado já será suficiente para que o cliente seja tarifado. A taxa de 0,25% incidiria sobre limites superiores a R$ 500. Os maiores bancos do país têm adiado a cobrança da tarifa.
Bancos são contra o projeto.

O presidente da Febraban (Federação Brasileira de Bancos), Isaac Sidney, afirmou que concorda com a necessidade de reduzir o custo do crédito. Entretanto, ele declarou que o tabelamento, ao invés de promover alívio financeiro, pode agravar a crise por distorcer a formação de preços, criar gargalos e gerar insegurança jurídica.

“A Febraban tem procurado sensibilizar lideranças políticas sobre os efeitos danosos de propostas que vão na direção do tabelamento de taxas de juros, aumento de impostos, congelamento de limites de crédito, suspensão obrigatória de prestações do consignado, não negativação de devedores inadimplentes, não cobranças e execução de dívidas, etc”, declarou.

Segundo Sidney, a Febraban e os bancos associados estão sensíveis em adotar medidas para beneficiar quem está em situação financeira fragilizada, mas entende que propostas que interferem nos contratos privados não seriam o melhor caminho.

Hotel Parque das Fontes reabre, com condições especiais para turistas e cearenses


Com todos os protocolos de higienização e segurança, o Hotel Parque das Fontes, localizado na Praia das Fontes, em Beberibe, retoma suas atividades na segunda-feira,10.

Darlan Leite, proprietário, preparou facilidades para temporada. Dentre as iniciativas, estão o parcelamento das estadias em até 8 vezes no cartão de crédito ou o desconto para pagamentos à vista via depósito bancário, além do congelamento de tarifas para quem já quiser comprar pacotes, mas ainda não tiver uma data definida para a viagem.


Todos os clientes que já tinham reservas e não viajaram, em razão da pandemia, podem fazer a remarcação sem custo.

Outra grande vantagem que está sendo ofertada nesse momento de preparação para a reabertura é o Late Check-out, em que os hóspedes poderão deixar sua acomodação até 15h, com a possibilidade de desfrutar do almoço nos restaurantes do local sem custo, uma vez que o hotel trabalha com o sistema all inclusive.

“Essa condição é especialmente vantajosa para quem vai pegar a estrada de volta para casa, principalmente para os residentes no Ceará ou nos municípios dos estados vizinhos, como Mossoró. A ideia é que o nosso cliente curta ao máximo a experiência de passar uns dias no Hotel Parque das Fontes”, reforça Talita Leite, gerente comercial.

Prefeito Naumi Amorim entrega obras do primeiro Camelódromo de Caucaia


O prefeito Naumi Amorim entregou, na manhã deste sábado (8), as obras de um importante equipamento de ordenação urbana do Centro de Caucaia: o Camelódromo do Povo - Alfredo Leite Góis. O espaço tem capacidade para receber 733 comerciantes e garantirá mais segurança e conforto para o trabalho dos vendedores locais e visitantes. A entrega foi prestigiada pela deputada estadual Érika Amorim, primeira-dama do município e de diversos vereadores.

“Esse espaço ficará na história do município. O Camelódromo do Povo é uma conquista grande, fruto de um trabalho intenso com o objetivo de dar aos comerciantes mais dignidade no seu trabalho. Já fui feirante, trabalhava vendendo mercadoria de sol a sol em situação precária, no chão mesmo, e entendo como ter um espaço como este é fundamental. Nossa missão é cuidar com carinho do povo e essa obra reflete exatamente isso”, comemora o prefeito Naumi Amorim.



“Ainda vivemos em um país muito desigual e a efetivação da entrega deste Camelódromo é, de fato, a realização de um sonho. Compartilho com cada um a alegria de ver este equipamento e parabenizo o prefeito Naumi Amorim, a gestão municipal e a todos os vereadores que se empenharam na aprovação do projeto. Caucaia dá mais um grande e importante passo em direção ao desenvolvimento”, comenta Érika Amorim, deputada estadual e primeira-dama.

O Camelódromo do Povo, localizado na rua Jerônimo do Amaral, nº 356, recebeu obra de terraplanagem, alinhamento do terreno, instalação de piso intertravado, projeto hidrossanitário, além da construção do centro da administração e banheiros, executados pela Secretaria Municipal de Patrimônio, Serviços Públicos e Transporte (SPSPTrans).



Assis Medeiros, titular da SPSPTrans, classifica o Camelódromo como “uma das maiores conquistas já implantadas no município”. “Os comerciantes trabalhavam sem local digno, desorganizado, nas ruas e calçadas. Agora vão poder sair de casa orgulhosos por este espaço”, pontua o secretário.

“Ter esse espaço é uma conquista grande. O prefeito pensou na gente. Por muito tempo sofremos com problemas de estruturas e hoje temos o Camelódromo”, pontua Felipe da Costa, comerciante do Centro.

O cadastro dos comerciantes já foi realizado pela SPSPTrans. Para outras informações, entrar em contato com secretaria pelo telefone 3342 3577 ou na sede da pasta (rua José de Pontes, nº 279 - Açude).


Queiroz Filho destaca iniciativas integradas para a educação, durante lançamento do Programa Vamos Aprender


Representando o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado José Sarto (PDT), o deputado estadual Queiroz Filho (PDT) participou nesta sexta-feira (7) do lançamento oficial do Programa Vamos Aprender, que oferecerá conteúdos educativos diários nas emissoras TV Ceará e TV Assembleia, e destacou a trabalho conjunto entre entidades educacionais para diminuir os impactos da pandemia na rotina dos estudantes cearenses.

"A transmissão destas aulas certamente é um ganho para nossos alunos, pois o conteúdo chega de maneira mais dinâmica, mais fácil, lembrando que questões como infraestrutura e internet têm sido empecilhos para as atividades remotas. Mérito deste trabalho integrado entre Seduc, Undime, TV Ceará, TV Assembleia, e reforço a disponibilidade da Assembleia Legislativa a serviço dos estudantes, contando também com outras iniciativas, como o Programa Alcance, que capacita os jovens para o Enem", disse Queiroz Filho, presidente da Comissão de Educação da AL.

“Reconhecemos a importância fundamental das TVs para ampliar o alcance dos estudantes aos conteúdos, que serão disponibilizados gratuitamente, por várias instituições envolvidas na parceria. Sabemos o quanto é importante, neste momento de incertezas e inseguranças, a escola estar presente na vida dos alunos", ressalta a secretária da Educação do Estado, Eliana Estrela.

A presidente da Undime-CE, Luiza Aurélia Teixeira, observa que o Programa representa uma ferramenta pedagógica diferenciada. “Vivenciamos um momento inédito, em que temos várias perguntas ainda sem resposta, mas que juntos estamos encontrando as saídas para não perdermos de vista os nossos alunos, garantindo o que o Ceará faz com maestria, que é a educação pública de qualidade. Sabemos que a TV é um meio de comunicação atraente e popular, que chega às casas de quase 100% dos nossos alunos”.

Vamos Aprender

O Vamos Aprender disponibiliza, gratuitamente, programas educativos para redes de ensino com conteúdo dirigido a estudantes de todas as etapas da educação básica: Educação Infantil, anos iniciais e finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio. No total, são 320 programas pedagógicos disponíveis, que envolvem desde vídeos interativos, com conteúdo didático e exercícios, até textos e orientações. Todas as áreas de conhecimento são contempladas no conteúdo.

No Ceará, a programação exibida pelas emissoras terá quatro horas e meia de duração, divididas por etapas da educação básica. Na TV Ceará, a programação será transmitida de 8h às 9h e de 14h às 18h30. Na TV Assembleia, os conteúdos serão exibidos de 7h às 9h e de 16h às 18h30.

O conteúdo, também, ficará disponível nos sites da Seduc, da Coordenadoria de Formação Docente e Educação a Distância (Coded/CED) nos portais Aluno Online, Professor Online e Idade Certa.

PSD Ceará abre agenda virtual com seminário eleitoral e mobiliza base em todo o Estado


Na manhã desta sexta-feira (7), foi realizado o seminário virtual com o engajamento de pré-candidatos a prefeitos, vice-prefeitos e vereadores de todo o estado.  O evento debateu o contexto eleitoral do Ceará nas disputas eleitorais de 2020.

Os participantes puderam esclarecer dúvidas a respeito da legislação eleitoral, com os advogados Cássio Pacheco e Isaías Tomaz, das prestações de contas na fala do contador Anísio Venâncio e também receber dicas de marketing digital nas redes sociais durante as campanhas com a coordenadora de comunicação do PSD, na Câmara dos Deputados, Maria Carolina.

A agremiação é hoje a 2ª maior do estado. A legenda administra 36 cidades e terá candidatos a prefeito em 116 municípios, vice-prefeitos em 32 cidades e centenas de pré-candidatos a vereadores em todo o estado.


Na mesa de abertura, o ex-vice-governador do Ceará e presidente estadual da agremiação, Domingos Filho, o relator-geral do Orçamento da União e deputado federal Domingos, a presidente estadual do PSD Mulher e deputada estadual Erika Amorim e a deputada estadual Patrícia Aguiar deram as boas-vindas aos correligionários e convidados.

Um dos momentos importantes ficou com o painel feminino, que além de referenciar a data de hoje – O Dia Estadual da Lei Maria da Penha – contra a violência à mulher, debateu a participação feminina: Mulher, Seu Lugar também é na Política, com a presidente estadual do PSD Mulher e deputada estadual, Erika Amorim, que explanou a atuação no Legislativo e a deputada estadual, Patrícia Aguiar, sobre a importância da Mulher no Executivo.



O presidente estadual da sigla, Domingos Filho, finalizou o encontro com entusiasmo. “O evento foi vitorioso. O momento atual ainda exige cuidados conosco e com o próximo e apesar de todos nós estarmos adaptando às tecnologias e à política de isolamento, a participação foi massiva. As mobilizações devem continuar. Esse será um pleito diferente e desafiador, mas sairemos fortalecidos. Desejo boa sorte aos candidatos do PSD. Que possamos sair das eleições 2020 com bons representantes para o povo do nosso Ceará”.  Disse.