gtag('config', 'UA-149275995-1');

segunda-feira, 2 de novembro de 2020

Rogério Ceni quebra o silêncio e mostra revolta contra arbitragem

O árbitro Marielson Tolski expulsou um zagueiro do Fortaleza, por ter derrubado um atacante do Fluminense,  o jogo em que o Fortaleza foi derrotado por um a zero. 

O presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, apresentou protesto à Comissão de Arbitragem da CBF, pedindo providências  contra  o juiz.

O treinador Rogério Ceni, que não costuma comentar arbitragem, subiu o tom, colocando dúvidas sobre o comportamento ético do árbitro Marielson Tolski. 

 "Quando você pega um árbitro como Marielson Tolski. Aí, você vê Raphael Claus, arbitragem sempre perfeita. Marcelo de Lima Henrique. Arbitragem limpa, perfeita. Aí, você tem cidadão como esse.. que vem e fazem o que fazem. E ainda com mais três, quatro pessoas dentro da sala do VAR, que concordam com o que ele faz. Qual o intuito? Jogar campeonato pra quê?", desabafou Rogério Ceni.